Inscrevi-me no ginásio. E agora?

28.11.22

Não conheço as pessoas, não conheço bem o espaço, não sei utilizar nenhum equipamento, nunca treinei, não quero incomodar o instrutor em sala, não conheço nenhuma das aulas de grupo, penso que não tenho preparação física para fazer uma aula de grupo, tenho receio das avaliações físicas.

Se tens algum destes receios ou outro qualquer, calma!

Todos nós quando iniciamos uma nova atividade tivémos receio, naturalmente. Esta insegurança e dúvida fazem com que grande parte das pessoas usufruam poucas vezes do ginásio (low users), paguem e não utilizem (sleepers) ou ainda desistam do ginásio, muitos deles sem dar oportunidade de experimentar todos os serviços.

Se és uma destas pessoas ou queres inscrever-se no ginásio, temos a chave para que isso não aconteça.

A chave é: escolhe o sítio adequado para ti!

Antes de tomares essa decisão define o que precisas para teres uma boa rotina de treino e, depois disto, procura vários clubes onde possas treinar, mas mais importante do que as condições de treino é o meio ambiente, o método de trabalho e os serviços que estão incluídos:

Avaliação Física – “Sem planeamento a vida é apenas um sonho”. De certeza que ao te inscreveres tiveste uma motivação, podendo ser ela: estética ou mental. Nesta avaliação física, deves juntamente com o teu Personal Trainer definires bem o objetivo e também uma meta temporal para o atingires, só assim conseguirás saber se aquilo que te desafiaste está a ser concretizado ou não. Para facilitar este processo é importante que este momento seja composto também por uma avaliação análise antropométrica e de bioimpedância onde ficarás com todas as tuas medições, o peso atual, o IMC (Índice de Massa Corporal), a MG (Massa Gorda %) e a Massa Muscular (MM %) e assim possas saber exatamente qual o ponto de partida. Aproveita também este momento para definires qual o teu planeamento semanal, nomeadamente a periodicidade com que vais treinar e o que vais fazer. Um grande conselho, inclui um pouco de tudo na tua rotina, experimenta para percebes o que realmente gostas de fazer! Por fim, aproveita para tirares todas as tuas dúvidas e nunca te esqueças de mencionar todos os teus problemas de saúde, quanto mais te conhecerem melhor, mais fácil será planear a tua rotina de forma segura.

Plano de Treino – Depois de uma avaliação física, tu precisas de um guia para os teus objetivos. Nada melhor do que teres um plano de treino individualizado e personalizado a ti, nomeadamente ao teu objetivo, nível de treino, planeamento semanal e patologias. Este plano de treino deverá ser o seguimento da tua avaliação física e permitirá durante algum tempo estares orientado naquilo que deves fazer. Se estás a começar procura sempre um clube onde o plano de treino seja renovado periodicamente (o ideal será entre 6 a 8 semanas) porque o teu corpo, como sistema complexo que é adapta-se facilmente ao exercício e será importante teres um estímulo novo.

Já tens avaliação física e plano de treino? É hora de passar à ação!

Para que consigas treinar de forma mais segura e eficaz é importante escolheres um clube que tenha acompanhamento permanente na sala de exercício, preferencialmente com um rácio de 1 instrutor para cada 15 pessoas. Isto para que tenhas o acompanhamento devido, garantindo também que realizas os exercícios do teu plano de treino com o maior rigor técnico e a máxima segurança. Mais do que treinar, é importante treinar bem!

De 6/6 ou 8/8 semanas é importante realizares uma reavaliação dos teus dados antropométricos e de bioimpedância, isto porque é tão importante planear, perceber onde estamos e ainda se o que estamos a fazer está a ter o resultado desejado. Deves então procurar ter uma reavaliação física periódica, estas vão-te ajudar a definir qual o caminho que deves seguir tendo em conta o teu objetivo final. Procura ter sempre um plano de treino novo após cada reavaliação física, adequando-se à tua evolução técnica e física.

Não ficamos por aqui! Vários estudos referem que para maximizar resultados é extremamente importante aliar o exercício físico regular com uma alimentação correta. Por isso, procura aconselhamento junto de um nutricionista para conseguires estares sempre mais perto dos teus objetivos.

Para finalizar, alguns conselhos:

- Começa por criar uma rotina de 3 treinos por semana de 30 minutos. Cria esta rotina na tua agenda semanal para que nada falhe, definindo os mesmos dias e horários. Assim que a rotina estiver assimilada procura aumentar o número de vezes e o tempo de treino.

- Experimenta todo o tipo valências de um ginásio. Aulas de grupo, treino com PT e treino em sala de exercício. Só desta forma vais perceber o que realmente gostas de fazer.

-  Segue o teu plano de treino e plano alimentar, procurando ajuda sempre que tens dúvidas.

O nosso website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de utilização.

No LFitness tomamos a LIBERDADE de sermos, e fazermos tudo aquilo que queremos! 

E tu, que podes escolher, escolhe o LFitness .

Temos condições especiais para ti:

Selecione Ginásio